Home / FIFAMANIA News / FIFA 18 – Diretor da Frostbite dá dicas do que esperar

FIFA 18 – Diretor da Frostbite dá dicas do que esperar

Posted on

Diretor da Frostbite dá dicas do que esperar para o FIFA 18

Por Matheus Andrade

A introdução do motor gráfico Frostbite ao projeto FIFA 17 foi, provavelmente,o maior destaque na mais recente edição do jogo da EA Sports. A empresa responsável por títulos como Battlefield 1, Star Wars: Battlefront e Mass Effect: Andromeda deu mais armas gráficas ao popular simulador de futebol.

Será possível melhorar ainda mais os gráficos no FIFA 18? A resposta é sim …

O diretor da Frostbite Jonas Skantz, acredita que no FIFA 18 será dado um passo gigante no quesito gráfico, uma vez que a “Engine” estará mais polida.

“Posso assegurar que a Frostbite continuará a ser um elemento verdadeiramente diferenciador. Com cada vez mais jogos entrando para o nosso motor gráfico, a nossa equipa de desenvolvimento passa mais tempo a criar inovações realmente efetivas”

Diretor da Frostbite Jonas Skantz

O modo jornada segundo o responsável do estúdio vai ser um elemento que será melhorado: “Existe uma equipa dedicada a isso e muita gente a trabalhar em conjunto para que seja brutal. Estes poderes combinados irão resultar em algo muito positivo.”

Atenção ao tempo dinâmico

Uma das inovações que teremos pela frente no FIFA 18 é, certamente, o tempo dinâmico, algo que a empresa já mostrou que domina perfeitamente nos jogos Battlefield 1 e Need For Speed.

Patrick Bach explica o conceito do tempo dinâmico: “Muitas vezes falamos das diferentes dimensões do Battlefield 1. No que diz respeito ao fator meteorológico, conseguimos mesmo mudar a forma como se joga. Se forem um sniper e começar a chover, provavelmente irá mudar de tática. O mesmo acontece com os aviões de guerra quando surge o nevoeiro, regressam à base. É isso que queremos passar para o FIFA”, anunciou.

Os fenômenos meteorológicos terão uma importância maior no jogo, podendo influenciar na velocidade dos jogadores, a precisão do passe ou até a possibilidade de lesões.

Fonte: Record PT

advertisement_alt

10 thoughts on “FIFA 18 – Diretor da Frostbite dá dicas do que esperar

  1. Desculpe amigo. Mas sinceramente não entendo alguns colegas.
    Poxa…moramos no Brasil, nossa realidade é outra….desculpe.. francamente… por favor.. sem querer ofender ninguém. Esse futebol da Europa é irreal, por isso estou falando de Centro de Criação. Do que pode ser real à nós. Se morássemos nos fundos do Santiago Bernabeu tudo bem. Mas não é o caso. Se quiser disputar o Campeonato Estadual, ou jogo de Eliminatórias entre Burkina Faso e Gana, não posso. Tudo porque os “maiorais” do Fifa, entopem o jogo com Ligas daqui e dali, só para pagar licenças. Queria que ao menos uns 20 times pudessem ser editados, pois aí jogaria do jeito que quero. Mas NÃO POSSO! Compramos um computador no valor de quase 3 mil, um jogo que custa quase R$ 250,00 e não posso joga como quero ?
    Qual a graça nisso ?
    Desculpe.. é desabafo de quem joga Fifa desde 94 (ainda no Mega Drive) e hoje tem saudade do Fifa 98….bem mais simples, bem menos cheio das odiosas “licenças” e talvez … mais feliz.

    1. Pior é que não há concorrência á altura, os caras só dão opção de jogar com as ligas que eles tentam empurrar goela abaixo dos players, sendo que quer queiram ou não há outras ligas/equipes importantes quanto algumas que já estão no jogo!

  2. Wilson concordo contigo cara,eu jogo o Fifa desde o 12, o fifa 15 que não teve uma jogabilidade tão boa,mas teve uma ferramenta que gostei para caramba foi a do Centro de Criação, mano, dava pra baixar time até do. Egito, a variedade de ligas era interessante, de uns anos para cá, os caras entopem o jogo de ligas insignificantes, e esquecem o futebol não é só feito de europas, tem outras ligas que são boas, outro ponto negativo foi o descaso com os clubes brasileiros!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top