Home / FIFAMANIA News / O passado, o presente e o futuro das apostas de esportes eletrônicos

O passado, o presente e o futuro das apostas de esportes eletrônicos

Posted on

Sem dúvidas, o futebol é o esporte mais famoso do mundo. No entanto, logo se tornará o esporte eletrônico mais famoso do mundo também. 

A franquia de jogos FIFA está crescendo como um título famoso de esporte eletrônico e, hoje, tem milhões de jogadores competindo em torneios com grandes prêmios em dinheiro. 

Assim como esportes eletrônicos, como League of Legends e Counter Strike: GO, FIFA também desenvolveu uma grande comunidade que adora assistir e apostar em partidas como espectadores. 

Dado o envolvimento crescente dos patrocinadores corporativos, times de futebol reais e sites de apostas esportivas, é óbvio que FIFA e suas apostas são mais do que apenas um esporte eletrônico passageiro.

A ascensão dos esportes eletrônicos

Para entender como chegamos até aqui, é importante entender também o caminho que trilhamos.

As competições de videogame existem desde a época do Pac-Man e do Donkey Kong originais. Ao decorrer das décadas, os prêmios (e a atenção) dados ao campeão aumentaram e, hoje, os maiores eventos de jogos do mundo ultrapassam a maca de 1 milhão de dólares. 

As transmissões dos esportes eletrônicos têm tantos espectadores quanto os esportes tradicionais e, em 2016, estima-se que 43 milhões de pessoas assistiram ao Campeonato Mundial de League of Legends.

FIFA pode, em breve, alcançar públicos no estilo League of Legends nos eventos de campeonatos

Enquanto as franquias de esportes tradicionais geralmente têm dificuldades de lidar com a rotatividade dos torneios de jogos de elite, a popularidade e o reconhecimento de FIFA vem crescendo gradativamente. 

Em 2016, mais de 2 milhões de jogadores competiram na FIFA Interactive World Cup (FIWC), reconhecida pelo Guiness como o maior torneio de jogos on-line do mundo. Desde meados de 2004, as finais do torneio mais recente foram transmitidas em mais de 100 países pelo mundo pela ESPN3, pelo Twitch e pelo YouTube. 

Mohamad Al-Bacha, da Dinamarca, venceu a 2016 FIFA Interactive World Cup e ganhou US$20.000

Assim como a maioria dos esportes, à medida que os prêmios, o dinheiro de patrocínios e a audiência de FIFA cresce, a quantidade de pessoas que querem ganhar dinheiro com isso também aumenta — e é aí que entram os sites de aposta on-line e páginas de cassino de aposta de esportes dedicados.

Apostas de esportes eletrônicos em FIFA

O site Casino.org diz que “A aposta nos esportes eletrônicos não é um conceito novo e sites de apostas, como Pinnacle, permitem a apostas em StarCraft 2 desde 2010. 

É difícil dizer qual foi o primeiro site a disponibilizar apostas do jogo FIFA. No entanto, a maioria deles permitem que você aposte na FIWC. Ladbrokes, Bet365 e Pinnacle, especificamente, têm os maiores mercados de apostas de FIFA. Vários sites como esses também estão de portas abertas para os brasileiros que querem apostar em partidas de FIFA — entretanto, esteja ciente de que a legalidade de tal prática não é muito bem vista. 

Apesar de ainda ser uma área com problemas legais, é possível apostar moedas de FIFA (o dinheiro do jogo que permite que você compre os melhores jogadores no modo Ultimate Team de FIFA) nos resultados dos esportes eletrônicos e reais em sites como FutGalaxy.

O futuro das apostas de esportes eletrônicos como FIFA

À medida que a legislação tenta descobrir como definir e regular estes tipos de apostas, todos os outros tipos de empresas tentam monetizar a ascensão de FIFA como um grande esporte eletrônico. 

Após terminar em segundo em 1,2 milhão de jogadores na 2016 FIWC de 1,2 milhão de jogadores, o jogador de FIFA Sean ‘Dragonn’ Allen foi contratado pela West Ham como o primeiro jogador de esportes eletrônicos oficial do time. Times como Manchester City, Sporting Lisbon e Schalke 04 também criaram divisões de esportes eletrônicos e contrataram jogadores de FIFA

No início de 2017, o holandês Eredivisie até anunciou o lançamento da própria liga de FIFA: a E-Divisie. Todos os 18 times da liga são representados virtualmente por um jogador de esportes eletrônicos que compete em seu nome em um formato de temporada.

E-Divisie, uma representação virtual da sua liga dos melhores jogadores de FIFA

No mesmo período, a ESPN assinou um contrato com a EA para transmitir os torneios de FIFA em todas as redes. Empresas grandes, como Audi, também investiram no patrocínio de equipes de esportes eletrônicos. Diversos desses times e empresas já fizeram parcerias com sites de apostas de esportes e estão, sem dúvidas, lucrando neste mercado emergente. 

Apesar de as apostas sempre apresentarem um ar de incerteza, o que você pode apostar é que é apenas uma questão de tempo até que FIFA se torne o próximo grande esporte eletrônico e um pilar das principais competições de jogos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top