Home / FIFAMANIA News / O dilema do FIFA e os direitos de imagem

O dilema do FIFA e os direitos de imagem

Postado em
O dilema do FIFA e os direitos de imagem


A prioridade sobre a imagem no mundo dos games se tornou um problema envolvendo a desenvolvedora do FIFA e até outras empresas do ramo. No Brasil, cresceram o número de processos e a utilização de times genéricos por conta do caso.

Em fevereiro, o portal UOL publicou que Vagner Mancini, técnico do Corinthians, ganhou uma ação judicial contra a Sega. A empresa do ramo de jogos eletrônicos baseada no Japão foi acusada de usar a imagem de Mancini de forma indevida durante 11 edições do Football Manager, simulador que coloca o jogador na pele de um treinador de futebol.

 

Vagner Mancini ganhou 170mil de indenização por aparição em games.

Mas não foi só Vagner Mancini que se manifestou através da justiça contra o uso de seu nome e sua imagem. Em 2020, vários jogadores e sindicatos se manifestaram contra o FIFA e a presença de seus dados nas edições do jogo. As empresas precisam buscar um respaldo legal para garantir a própria segurança e a de seus clientes, a exemplo do Placard que possui licença para funcionar e pode proporcionar a seus adeptos o Placard.pt Código Promocional 2021. São várias modalidades de esportes que garantem uma diversão segura. O trâmite processual é o que garante futuras dores de cabeça.

Um dos exemplos mais polêmicos foi o que envolveu o craque sueco Zlatan Ibrahimovic. Mesmo depois de ter o FIFA e a EA Sports usando a sua imagem desde o FIFA 2005, o atacante se manifestou sobre a situação em suas redes sociais. “Alguém está lucrando em cima do meu nome e do meu rosto sem haver nenhum acordo durante todos esses anos. É hora de investigar”.

Se a reação de Ibra foi considerada estranha, já que seu nome e sua foto estavam presentes no game há anos e não houve nenhuma manifestação até novembro de 2020, a situação dos profissionais dentro no Brasil é mais complexa envolvendo os direitos do jogo.

Edição após edição, os torcedores passam pelo mistério de saber ou não se sua equipe estará representada de forma fiel no jogo. Dentro do Brasil, os direitos de imagem precisam ser negociados de forma individual e não coletiva, como acontece em outros países e ligas de futebol envolvendo as licenças e acordos entre equipes, jogadores e a EA Sports.

O problema é tão especial que já virou assunto jurídico, como o caso de Vagner Mancini com o FM mostra. Em 2020, o portal LexLatin informou que zagueiro Gustavo Schiavolin entrou com um recurso no STJ, Superior Tribunal de Justiça, contra a produtora do FIFA. Edmundo, ídolo de Vasco e Palmeiras, também pediu indenização na justiça contra a Electronic Arts.

Sobre a situação, o portal Jus.com.br publicou um artigo explorando o tema. Keiffer Becker, o autor, explica que “cada atleta negocia a cessão de imagem individualmente e as produtoras dos jogos precisam ir atrás de cada jogador”. Entretanto, Becker complementa ao dizer que nem todos os jogadores querem seu nome no jogo ou alguns pedem valores elevados para entrar num acordo. O exemplo final fica com o caso do Sindicato dos Atletas de Futebol do Estado de Minas Gerais. Mais de 200 atletas, representados pelo SAFEMG, entraram com um recurso pelo uso indevido de imagens no jogo. No fim, a empresa responsável pelo game teve que desembolsar mais de 7 milhões de reais como indenização para os envolvidos.

Enquanto os processos acontecem de forma sigilosa ou pública, se arrastando dentro da justiça, o consumidor final possui uma saída. É com patchs como o P-FMN 21 que o seu jogo será corrigido e terá todas as imagens de forma correta e adequada com a realidade. Desde competições estaduais até compromissos continentais, o arquivo corrige e atualiza toda a database do FIFA para a sua experiência se tornar o mais real possível em alguns modos de jogo na versão para computador. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Top